Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/06/18 às 11h44 - Atualizado em 5/05/20 às 17h45

Conversão de placa do modelo antigo para o novo modelo de Placa de Identificação Veicular – PIV (Mercosul)

 

É a conversão do modelo antigo de placa no padrão cinza (pintada ou refletiva) para o novo modelo de Placa de Identificação Veicular – PIV, instituído pela Resolução nº 780/2019 do CONTRAN (MERCOSUL).

 

O novo modelo de placa traz novos elementos de segurança como um QR code, emblema oficial do Mercosul e a bandeira do Brasil, além de ID único e ISO 7591. Pelas novas regras, não será mais necessário lacrar o veículo, tampouco trocar a placa por mudança de UF ou Município, pois esta não apresenta mais a identificação da origem do registro (identificado anteriormente pela tarjeta). A tarjeta (item que identificava separadamente o estado a que o veículo estava registrado) deixa de existir.

 

A conversão não é obrigatória em todos os casos, sendo feita automaticamente ao solicitar qualquer serviço em que seja necessário a troca de placa ou nos casos de:

 

1.Primeiro emplacamento (primeiro registro);

2.Mudança de categoria do veículo;

3.Roubo, furto, extravio ou dano da placa;

4.Mudança de Unidade Federativa;

5.Instalação da segunda placa traseira;

6.Solicitação do proprietário.

 

 OBSERVAÇÃO

Não é necessário realizar vistoria.

1.Ser proprietário ou representante legal.

2.Todos os débitos vencidos deverão estar quitados.

3.Apresentar CRV (DUT) válido.

4.Se PROPRIETÁRIO: original da identificação pessoal oficial, com foto recente e em bom estado de conservação, e Cadastro de Pessoa Física – CPF.

5.Se REPRESENTANTE LEGAL: original da identificação pessoal oficial, em bom estado de conservação, com foto atualizada; CPF; e documentos que comprovem a representação legal (Ex.: Procuração, Contrato Social, Estatuto ou Ata da assembleia que nomeia os seus representantes, Requerimento Empresário Individual, Termo de Curatela, Termo de Tutela, Autorização Judicial, Escritura Pública de Formal de Partilha e outros). Em casos de Pessoa Jurídica, acrescentar Cadastro Nacional de Pessoal Jurídica – CNPJ.

 

Documentos registrados, reconhecido firma, procurações, escrituras públicas entre outros feitos em cartórios de outra UF, deverão, obrigatoriamente, serem abonados (reconhecimento da assinatura do tabelião do cartório de origem) em um cartório do Distrito Federal, não sendo aceito abono feito em cima de outro abono.

 

 OBSERVAÇÃO

Não é necessário realizar vistoria.

Os valores cobrados pelo serviço, bem como os possíveis serviços complementares, podem ser consultados na Tabela de Preços do Detran-DF.

 

  • – Registro ou alteração de cadastro na base de dados;
  • – Autorização de estampagem de placa.

 

O pagamento do serviço deverá ser realizado em uma agência bancária de um do(s) banco(s) indicado(s) no(s) boleto(s) de pagamento.

– Presencialmente:

Em um dos postos de atendimento do Detran-DF, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

 

Serviço não realizado pelos postos de atendimento do Na Hora.

1.Comparecer a um dos postos de atendimento do Detran-DF, com toda documentação necessária.

2.De posse do boleto, realizar o pagamento em uma das agências bancária de um do(s) banco(s) indicado(s) no(s) boleto(s).

3.Providenciar, junto a uma das empresas credenciadas, a estampagem da placa;

4.Retornar ao atendente para a emissão do CRV/CRLV.

A emissão e entrega do documento está condicionada ao lançamento das informações de estampagem. No retorno após colocação da(s) placa(s) a emissão é imediata.
Conforme a Lei nº 10.048, de 08 de novembro de 2000, alterada pela Lei nº 10.741/2003, as pessoas portadoras de deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, as gestantes, as lactantes e as pessoas acompanhadas por crianças de colo terão atendimento prioritário.

Departamento de Trânsito do Distrito Federal - Governo de Brasília

DETRAN

SAM Lote A Bloco B - Edifício Sede do Detran/DF CEP 70.620-000 Central de Atendimento ao Cidadão: 154 (para quem está no DF) ou (61) 3120-9800 (para quem está fora do DF)