Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/10/18 às 17h57 - Atualizado em 31/10/18 às 15h13

Debate discute segurança de motociclistas em Brasília

Participaram do evento agentes do Detran-DF, PM e PRF

 

(Brasíia, 26/10/2018) – A segurança dos motociclistas no Distrito Federal foi o tema do Seminário Internacional – Acidentes com moto em Brasília: soluções possíveis, realizado na UnB, no último dia 23. Durante o debate foram propostas orientações e sugestões de como motociclistas e motoristas devem atuar em situações de risco.

A estrela do evento, o secretário Geral da Associação Sueca de Motociclistas, Jesper Christensen, criticou as guard rails, ferramenta muito presente nas autoestradas do Brasil e que estão provocando efeitos contrários no salvamento de vidas. “Dependendo da velocidade e ângulo do impacto, os pilares de fixação cortam o motociclista ao meio. É preciso uma mudança radical que permita o motociclista deslizar sobre as guard rails e sobreviver, como é visto na Alemanha. As guard rails, quando produzidos de forma copiosa e massiva, tendem a ser feitas com um tipo de material mais barato e menos seguro”, alerta Jesper.

Ele também é o idealizador de um sistema de autoescolas suecas para motociclistas, que visa reduzir a zero o número de acidentes de trânsito com motos no país. Além de Jesper, também participaram do seminário o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito do Detran, Glauber Peixoto, a vice-presidente da Associação dos Motociclistas do DF e Entorno, Neia Godinho, e o ex-diretor da BHTrans, Osias Batista Neto.

O debate contou com instrutores de autoescolas, integrantes de associação de motoboys, policiais militares e rodoviários e agentes do Detran-DF. Conforme o diretor do BHTrans, não existe a percepção de risco com os motociclistas. “O sistema de formação não ensina nem prepara nada muito além do básico e o condutor habilitado tem muito chance de se acidentar por fatores que a autoescola deveria ter ensinado”, criticou Osias.

Para Neia Godinho, a liderança é um fator primordial para garantir a segurança dos motociclistas. “É muito importante que nós tenhamos um forte espírito de liderança, para que possamos dar voz a uma classe que, por muitas vezes, é tão esquecida”. Na sua avaliação, Foi esse espírito que trouxe para Brasília os bolsões para motos. “Para termos mais segurança, precisamos de voz ativa”, alertou Neia.

Na avaliação de Glauber Peixoto, o seminário foi muito importante por ter dado uma perspectiva de como são as políticas em outro país. Segundo ele, as ações são essenciais para a segurança viária voltadas para os motociclistas. “O fato de termos na plateia os órgãos de trânsito, além de professores e alunos do curso de instrutores de auto escola, faz com que a gente possa pensar em novas atuações e inovações para garantir mais segurança aos motociclistas no Brasil, principalmente aqui no DF”, comentou sobre o seminário.

 

Visão do especialista

Acompanhado de agentes do Detran, Jesper saiu para um passeio de moto pelo Eixo Monumental, W3 Sul e Norte, via Estrutural, Avenida Hélio Prates e EPTG. “Eu fiquei muito surpreso, positivamente falando. Todo o trajeto foi um bom ambiente para se dirigir e a todo o momento eu pude ver tudo a minha volta”, elogiou. “Espero voltar aqui mais vezes com a esperança de ver um país com segurança redobrada aos motociclistas”.

Departamento de Trânsito do Distrito Federal - Governo de Brasília

DETRAN

SAM Lote A Bloco B - Edifício Sede do Detran/DF CEP 70.620-000 Central de Atendimento ao Cidadão: 154 (para quem está no DF) ou (61) 3120-9800 (para quem está fora do DF)