Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/06/18 às 13h24 - Atualizado em 2/10/18 às 11h06

Retirada de Veículos Recolhidos

 

Retirada de veículo do depósito, recolhido por força de medida administrativa.

 

A partir de 60(sessenta) dias o Detran-DF poderá levar o veículo à leilão, podendo permanecer sob custódia deste, com ônus para o seu proprietário, pelo prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias.

 

 Veículo com “Comunicado de Venda”

A liberação do veículo só será feita mediante transferência de propriedade do veículo ou cancelamento do comunicado de venda pelo proprietário (vendedor).

 

O Comunicado de venda poderá ser cancelado por solicitação do proprietário ou representante legal, mediante pagamento da taxa de serviço (taxa de cancelamento de comunicado de venda) presencialmente em um posto de atendimento do Detran-DF, desde que não haja financiamento ativo para terceiro e não apresente restrições de natureza administrativa ou judicial, devendo apresentar original e cópia dos documentos de identificação e que comprovem a representação legal. No ato da solicitação deverá ser preenchido um formulário de solicitação, por meio do qual o solicitante se responsabiliza pelo ato.

 

O proprietário deve ter ciência de que ao cancelar o comunicado de venda, ele volta a ser o responsável pelo veículo, assumindo toda e qualquer responsabilidade (administrativa, civil, penal e financeira), desde a data do registro do comunicado de venda.

 

1. Ser proprietário ou representante legal.
2. Quitação dos débitos relativos à Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – IPVA, Taxa de Licenciamento Anual e Seguro Obrigatório – DPVAT e outros débitos vencidos (Ex.: multa de trânsito, taxas de serviços, parcelamentos em atraso e outros existentes no cadastro do veículo). Esses débitos podem ser retirados pelo site do Detran-DF (Consulte de débito Detran-DF) e da Secretaria de Estado da Fazenda do Distrito Federal (Consulte SEFAZ).

4. Cópia autenticada ou comum do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo – CRLV, acompanhada do original.

5. Se PROPRIETÁRIO: original e cópia comum da identificação pessoal oficial, com foto recente e em bom estado de conservação, e Cadastro de Pessoa Física – CPF.
6. Se REPRESENTANTE LEGAL: cópia autenticada ou comum do documento de identificação pessoal oficial, acompanhada do original, em bom estado de conservação, com foto atualizada; CPF; e documentos que comprovem a representação legal (Ex.: Procuração, Contrato Social, Estatuto ou Ata da assembleia que nomeia os seus representantes, Requerimento Empresário Individual, Termo de Curatela, Termo de Tutela, Autorização Judicial, Escritura Pública de Formal de Partilha e outros). Em casos de Pessoa Jurídica, acrescentar Cadastro Nacional de Pessoal Jurídica – CNPJ, Certidão Simplificada válida e a última alteração do contrato social.

7. Caso os equipamento obrigatórios não estejam em funcionamento, é necessário o reparo.

 

Caso o reparo não possa ser realizado no depósito, o Detran-DF autorizará a saída deste com prazo para a sua reapresentação. Assim, que finalizado o reparo, o veículo deverá retornar ao depósito para passar por vistoria e desbloqueio do veículo no sistema.

 

Documentos registrados, reconhecido firma, procurações, escrituras públicas entre outros feitos em cartórios de outra UF, deverão, obrigatoriamente, serem abonados (reconhecimento da assinatura do tabelião do cartório de origem) em um cartório do Distrito Federal, não sendo aceito abono feito em cima de outro abono.

 

Para emissão de 2ªvia do CRLV, vide o serviço Emissão de 2ªvia do CRLV ou CRV.

 

Os valores cobrados pelo serviço, bem como os possíveis serviços complementares, podem ser consultados na Tabela de Preços do Detran-DF.

 

Diárias – automóvel, camioneta, caminhonete ou utilitário
Diárias – caminhão, ônibus, microônibus, caminhão trator, trator, equipamento agrícola ou de terraplanagem
Diárias – motocicleta, ciclomotor, motoneta ou quadricíclo
Diárias – reboque ou “sidecar”
Diárias – semirreboque, trailer, motorcasa ou motorhome

Remoção Veicular – Automóvel, camioneta, caminhonete ou utilitário para o depósito acima de 15 (Quinze) quilômetros (km) – valor adicional por (km) rodado
Remoção veicular – Automóvel, camioneta, caminhonete ou utilitário para o depósito até 15(quinze) quilômetros (km) rodados
Remoção Veicular – caminhão, ônibus, microônibus, caminhão trator, trator, equipamento agrícola ou de terraplanagem para o depósito acima de 15 (Quinze) quilômetros(km) – valor adicional por (km)
rodado
Remoção Veicular – caminhão, ônibus, microônibus, caminhão trator, trator, equipamento agrícola ou de terraplanagem para o depósito até 15 (quinze) quilômetros (km) rodados
Remoção Veicular – motocicleta, ciclomotor, motoneta ou quadriciclo para o depósito acima de 15 (Quinze) quilômetros (km) – valor adicional por (km) rodado
Remoção Veicular – motocicleta, ciclomotor, motoneta ou quadricíclo para o depósito até 15(quinze) quilômetros (Km) rodados
Remoção Veicular – reboque ou “side-car” para o depósito acima de 15(quinze) quilômetros (Km) – valor adicional por (km) rodado
Remoção Veicular – reboque ou “side-car” para o depósito até 15(quinze) quilômetros (Km) rodados
Remoção Veicular – semirreboque, trailer, motorcasa ou motorhome para o depósito acima de 15 (Quinze) quilômetros (km) – valor adicional por (km) rodado
Remoção Veicular – semirreboque, trailer, motorcasa ou motorhome para o depósito até 15(quinze) quilômetros (Km) rodados
Serviço de liberação – Veículo do depósito

 

 

O pagamento do serviço deverá ser realizado em uma agência bancária de um do(s) banco(s) indicado(s) no(s) boleto(s) de pagamento.

 

 

-Presencialmente:

Na unidade de Depósito do Detran-DF no qual o veículo se encontra, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

 

1.Realizar o pagamento dos débitos relativos à Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – IPVA (Consulte SEFAZ), Taxa de Licenciamento Anual e Seguro Obrigatório – DPVAT e demais débitos vencidos, como multa de trânsito (Consulte Detran-DF).

2.Comparecer ao depósito onde o veículo encontra-se recolhido, levando os documentos necessários.

3.Realizar o pagamento do boleto em uma agência bancária de um do(s) banco(s) indicado(s) no(s) boleto(s).

4.Aguardar, por cerca de 1 hora, a confirmação do pagamento no sistema informatizado do Detran-DF.

5.Retornar ao atendente para finalizar a liberação do veículo.

5. Será feita vistoria de saída do déposito.

6.Caso o veículo precise realizar reparo fora do Detran, o veículo será liberado para reparo, com prazo para reapresentação e nova vistoria.

7.Caso a vistoria não constate quaisquer pendências, o veículo será liberado para circular.

 

A liberação do veículo é imediata, após confirmação do pagamento do serviço no sistema informatizado do Detran-DF.

Conforme a Lei nº 10.048, de 08 de novembro de 2000, alterada pela Lei nº10.741/2003, as pessoas portadoras de deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, as gestantes, as lactantes e as pessoas acompanhadas por crianças de colo terão atendimento prioritário.

Departamento de Trânsito do Distrito Federal - Governo de Brasília

DETRAN

SAM Lote A Bloco B - Edifício Sede do Detran/DF CEP 70.620-000 Central de Atendimento ao Cidadão: 154 (para quem está no DF) ou (61) 3120-9800 (para quem está fora do DF)