Governo do Distrito Federal
6/10/22 às 13h13 - Atualizado em 6/10/22 às 13h13

Celular e alcoolemia: recordes de flagrantes nesse fim de semana

COMPARTILHAR

Detran-DF coordenou operação conjunta para fechar o cerco a condutores alcoolizados

 

Ana Carolina Oliveira/Ascom

 

(Brasília, 29/8/2022) – O Departamento de Trânsito do Distrito Federal e os demais órgãos de fiscalização de trânsito do DF estão focados nas ações de combate à alcoolemia ao volante. Essas operações têm o objetivo de promover maior segurança viária e, principalmente, retirar das vias os condutores alcoolizados, potenciais causadores de acidentes.

De sábado (26) a domingo (28), 485 condutores foram flagrados dirigindo após o consumo bebida alcoólica.

Além de ser uma infração administrativa, prevista no art. 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), de natureza gravíssima, que possui penalidade de multa e suspensão do direito de dirigir por 12 meses, dirigir alcoolizado também pode caracterizar crime de trânsito. O condutor que se recusar a realizar o teste do etilômetro também estará sujeito à multa de R$ 2.934,70 e suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

De acordo com o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito do Detran-DF, Glauber Peixoto, a população precisa se conscientizar que é dever de todos preservar vidas no trânsito. “Os órgãos estão atuantes nas ruas, impedindo que condutores flagrados alcoolizados continuem dirigindo. Além disso realizamos diversas ações educativas para conscientizar sobre os riscos da combinação bebida e direção”, destaca Peixoto.

Balanço preliminar

Durante as operações do fim de semana, a fiscalização de trânsito flagrou ainda 153 condutores com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) irregular, conforme previsto no artigo 162 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), seja por não ser habilitado ou por estar com o documento vencido há mais de 30 dias, além de outras situações definidas na legislação.

Outra infração que recorrente é o manuseio do celular ao volante. Só no fim de semana foram 489 flagrantes. O risco de dispersão pelo uso do telefone enquanto dirige é tão grave quanto o do álcool.

As ações para coibir o desrespeito à faixa de pedestres também seguiram no fim de semana. Foram 57 autuações por deixar de dar preferência ao pedestre.

Ao todo, 77 veículos foram removidos ao depósito por infrações diversas.

Ao longo do fim de semana, as equipes do Detran atuaram em diversas blitzen da Lei Seca, em ações integradas como a Operação Força Conjunta e no controle de tráfego em grandes eventos como o Na Praia. Além disso, o Departamento realizou intervenções no trânsito no Parque da Cidade, em razão da campanha de vacinação antirrábica. Foi realizada também a Operação Sossego, que visa retirar de circulação motos barulhentas que perturbam a calma de áreas residenciais devido ao uso de escapamento irregular.

Operação Força Conjunta

Da noite de sexta-feira (26) até a madrugada de sábado (27), o Departamento de Trânsito do Distrito Federal coordenou a 17ª edição da Operação Força Conjunta, uma ação integrada entre os órgãos de trânsito do DF: Detran, PM, DER e PRF.

A operação ocorreu simultaneamente, em oito locais distintos: EPNB, Núcleo Bandeirante, Bernardo Sayão, Recanto das Emas, e EPTC (DF-001) e DF-079. Em algumas vias foram montados mais de um ponto de bloqueio.

Durante as abordagens, 129 condutores foram flagrados dirigindo sob o efeito de álcool, sendo um deles encaminhado à delegacia por apesentar teor alcóolico considerado crime. As equipes flagraram ainda: 20 inabilitados, 20 condutores com a CNH vencida há mais de 30 dias, duas motocicletas com o escapamento alterado e um condutor dirigindo o veículo sob o efeito de substância psicoativa.

A Força Conjunta tem periodicidade mensal e cada edição fica sob a coordenação de uma das quatro instituições integrantes. Além de fiscalizar infrações de trânsito, como alcoolemia ao volante e direção perigosa, por exemplo, as operações também visam combater crimes que envolvem o uso de veículos, em especial o tráfico de drogas e entorpecentes.

Ao todo, participaram da 17ª edição da Operação Força Conjunta, 120 agentes e policiais distribuídos em viaturas operacionais de duas e quatro rodas, guinchos e o helicóptero Sentinela, aeronave do Detran-DF.

Departamento de Trânsito - Governo do Distrito Federal

DETRAN-DF

SAM Lote A Bloco B - Edifício Sede do Detran/DF CEP 70.620-000 Central de Atendimento ao Cidadão: 154 (para quem está no DF) ou (61) 3120-9800 (para quem está fora do DF)